terça-feira, 19 de abril de 2011

TUAREG

'mas ele é guerreiro, ele é bandoleiro, ele é justiceiro, ele é mandigueiro, ele é um tuareg!'
essa noite deu uma vontade avassaladora de ouvir gal costa dos bons e velhos tempos. meu disco preferido dela é o 'cantar', mas pra dar uma arejada resolvi ouvir esse LP, que é de 69, chave de ouro pra essa década louca... infelizmente o meu vinil não tá em boas condições e recorri ao youtube pra ouvir as faixas desse disco que é um dos mais experimentais e radicais de gal costa. pouco visitado, é certo, mas absolutamente incrível e ousado! psicodelia, rock, experimentalismos totais... aí tem jards macalé, guitarra de lanny gordin, capinam, roberto e  erasmo, caetano, tudo junto e misturado com uma boa dose de fúria. eu adoro a segunda faixa do lado A, 'tuareg', música de jorge ben, o jor, que tem o mesmo título do livro de alberto vasquez-figueiro, livro que eu ainda li mas quero muito ler. dizem que 'tuareg', nome de origem árabe, significa 'abandonado pelos deuses'. os tuaregues são um povo, homens que vivem há milênios no deserto do sahara, ou seja, é um povo bravo é forte! aumente o volume e faça da sua sala uma pista de dança!

Um comentário:

Marisa disse...

AMO.