quarta-feira, 22 de julho de 2009

a imagem aí embaixo não foi criada de maneira aleatória, surge em um momento de aterrisagem, de colocada dos pés no chão. a idéia de árvore, forte, grande, sombra boa, abrigo e alimento vem misturada com a vontade de transformar o 'eu' que me rege, de me tranformar. a metáfora da árvore me parece exata. gosto de criar raízes, de possuir meu espaço, de transformar a paisagem. e gosto também de ser abrigo, alimento e prazer. a vontade é de florescer, dar frutos e sementes. mas se eu fosse árvore mesmo seria um ipê, florido e amarelo. se eu fosse árvore, queria o esplendor do amarelo em mim.

2 comentários:

Antônio Júnior disse...

Se eu fosse árvore seria uma paineira.
Beijos, Nestréa.

Maga disse...

E a árvore!?!