quarta-feira, 11 de março de 2009

MÁRIO QUINTANA

silenciosamente
sem nenhum cacarejo
a noite põe
o ovo da lua

8 comentários:

Vanessa Dantas disse...

Linda foto! Lindo poema!
beijo.

Nico Nicodemus disse...

Que delícia! Mário Quintana é maravilhoso!

figbatera disse...

Mas isto só acontece na lua cheia, né?

A foto é linda!

angelo disse...

"Lua, lua, lua,
por um instante meu canto contigo compactua!"
Noite de lua cheia é sempre especial.

nora disse...

Deinha, resiti antes de escrever um comentário nest post. Eu não gostei desse poema do Mário.

esta é uma parte, ou é o poema todo?

bjs

Andréa disse...

é um hai kai........

nora disse...

então silenciosamente é o título. certo?

Andréa disse...

não, não!!
haikai não tem título, ou tem?
hum...