sábado, 15 de novembro de 2008

BILLIE HOLIDAY E A CANTADA

A noite passada me deu uma puta vontade de ouvir Billie Holiday.... e como certas coisas andam juntas bebi uma boa dose de wísque. Dei uma fuçada no youtube atrás de posts desconhecidos dela... Na minha tela LCD o preferido é uma das mais belas imagens do jazz: Billie Holiday e os gigantes do jazz em uma gravação da CBS de 1957. Lindo, lindo, lindo!!



E sempre que vejo esses vídeos antigos de jazz tenho também uma enorme vontade de fumar um cigarro. Vai entender?! E isso tudo me fez lembrar uma das cantadas mais irresistíveis que já recebi. Não, eu não estou bêbada!! Na época da faculdade, numa dessas festinhas em casa em que bebíamos e fumávamos tudo o que aparecia pela frente eu tentei colocar um CD da Lady Day, mas fui completamente rechaçada por quase todos. No final da noite, quando todos se despediam, pedi um cigarro para o 'amigo de um amigo' que tinha aparecido. Ele me ofereceu o seu único cigarro e eu recusei dizendo que o último cigarro era inalienável. Mas na saída, depois de se despedir, ele (que era o carona) voltou correndo e me entregou o maço com um bilhete dentro que dizia: "Separe a Billie Holliday, o último cigarro e o tapete, que eu volto." !!

3 comentários:

Living Away disse...

wow! realmente essa cantada é inesquecível.
esse tempo de faculdade...ce ta falando da nossa UFU?
nossa déa, to dando brotoeja de curiosidade! lol

Andréa Lion disse...

hahaha, leandra, querida. esse cara fazia psicologia, eu história!!! vamos ver... arrisca!!! hahah
beijos amore!!
ah!! depois, te conto, em off, of course! haha

Anônimo disse...

uAhUaHuAhU!!!!!!!!!!!