sexta-feira, 9 de outubro de 2009

TATTOO


faz tempo que estou procurando um motivo meio arabesco, meio tribal pra tatuar no meu ombro esquerdo. tenho duas pequenas tatuagens, as duas feitas no mesmo dia. e a idéia da terceira tattoo sempre me perseguiu. hoje eu já estou sentindo e convivendo virtualmente com a futura tatuagem... chegou o momento de fazer! a inspiração veio quando vi esse vidro, deve ser beeem antigo, pois está nas portas da Biblioteca Nacional, e eu nunca vi um igual em outro lugar. depois vou pesquisar, pode ser português ou francês, ou sei lá.... agora é só entregar nas mãos do nino, que é quem deve fazer o desenho definitivo! aguardem...

11 comentários:

figbatera disse...

O desenho do vidro é bonito; já a tatuagem, pra que serve mesmo?
A mim, particularmente, dá a impressão de sujeira. Desculpe.

Andréa disse...

fig, não posso acreditar que você, um músico, seja uma pessoa tão preconceituosa. tatuagem é um adorno, uma forma de expressão,uma arte corporal. há milhares de anos os homens pintam seus corpos, desde o egito passando pelos índios do brasil. é uma opção, como um corte de cabelo ou um estilo de se vestir. claro que é uma questão de gosto, mas daí a falar que é sujeira é o fim... há quem goste de jazz e há quem goste de rock, mas não dá pra falar que rock é sujo. sujo é o olho de quem vê e o ouvido de quem escuta.

figbatera disse...

Querida colega,
não acho que seja preconceito; desde sempre as tatuagens me causam aquela impressão.
Claro que é mesmo uma questão de gosto, respeito quem goste e faça (até minha filha tem uma)mas vem de longe minha rejeição a esse "adorno".
Não sei explicar...

Vanessa Dantas disse...

Oi Dea!

Assim como o Fig, também não gosto de tatuagens. Pra falar a verdade, até hoje, só vi uma que gostei, desenhada por uma amiga e tatuada no ombro: era uma mandala de pequeninos escorpiões (o signo dela). Era bem bonita!

Mas acho que cada um deve fazer o que bem entender com o corpo...

Boa sorte e beijo.

PS: Foi ao show da Céu? Gostou?

cris K disse...

adorei! imaginei com cores e movimentos. você pensa em fazer colorida?
também quero muito fazer minha próxima tatoo, mas depois de um dragãozinho tão enorme, devo pensar muito ainda. rs
vai ficar muito linda chuchu.
beijinhos

Andréa disse...

vanessa, gostei do show, pero no mucho.
acho q vou escrever sobre....

cris, então, vai rolar, nas pétalas, as 7 cores do arco-íris. o resto pensei em preto e verde escuro...
vamoso que o cara cria...
beijos

Érico Cordeiro disse...

Aí Andréa,
Gostei do desenho.
Eu, ao contrário do Fig, acho um charme - uma tatuagem bem feita, com um desenho transado (não precisa ser muito rebuscado) dá um colorido especial à mulher. Parece que realça a feminilidade e, muitas vezes, dá um ar de mistério.
E eu mesmo tenho uma (uma ave do paraíso que, particularmente, acho bem legal - tenho contade de fazer um dragão e uma carpa japonesa, que dizem que dá sorte, mas falta coragem - porque dói prá caramba!!!)

A n d disse...

oi Dea, linda e delicada, de traços finos. bem feminina. gostei muito! mas não gosto de tatuagem com "fundo colorido", acho que fica over, aí sim, parece um borrão. há tempos venho pensando em apagar a minha e fazer outra, até fiz umas sessões de laser. não gosto mais dela como gostei um dia. enfim. tatoo é isso. por isso prefiro as de traços finos e desenhos pequenos. vai ficar show.

Andréa disse...

valeu, érico, depois mostro o resultado.
déa, não vou fazer fundo colorido não... basicamente preta, com as pétalas coloridas, mas só vou fazer um tipo de flor, com sete pétalas...
beijos

Gabriela Gonçalves disse...

Tatuagem é algo muito pessoal e para mim precisa ter um significado. Tenho 5 e já estou querendo a 6º, mas aí terei q fazer a 7º. rs
Gostei do seu blog, linkei.
bj

Valéria Martins disse...

Bonito! Depois tira uma foto do ombro e posta aqui!