terça-feira, 28 de abril de 2009

o melhor termômetro para se medir a importância de uma relação nas nossas vidas é o grau de transformação que ela é capaz de causar dentro da gente. se podemos perceber as mínimas nuances na mudança dos modos de se olhar, se somos capazes de medir a leveza e a densidade na dramaticidade dos mínimos gestos e toques, se somos capazes de olhar no espelho e sorrir,
podemos ter a certeza de que não somos mais os mesmos.

(porque a gente é meio borboleta, depende do que nos envolve pra gente se transformar ...).

5 comentários:

eLi disse...

Glória! Não somos nunca mais os mesmos!
A vida é isso. Se conhecer a cada dia mais irreconhecível ainda. Em si próprio, no outro.
Viver é isso. Acordar e estar passível ao qualquer.
É o risco que se corre, a cada dia que se acorda vivo, quer escolha ou não.

Beijão!

Vanessa Dantas disse...

"A importância de uma relação nas nossas vidas é o grau de transformação que ela é capaz"

Sensacional, Andrea!

E muitas vezes isso pode doer...

figbatera disse...

Falou e disse. Muito bom!

ps.:e aí, Andréa, vc acabou não indo ao Drink-Lagoa, né? O show foi espetacular!
Veja as novidades no meu blog.
Abração!

Living Away disse...

gostosa déia,

por tentar sempre manter meu sorriso bobo ao me olhar no espelho é que estou indo pra áfrica, nigéria, dia 8 de junho. ficarei 1 mes por aquelas bandas. depois uberlândia. já ouviu falar? é uma cidade que faz muito bem pra alma daqueles que amam o cerrado.lol
aí em agosto irei pasar uns dias em paris só pra não perder o charme e retorno a taiwan.

beijos com gosto de chuva de verão!

figbatera disse...

Ah! Esqueci de dizer: essa foto aí foi feita durante a minha "canja" com o Fernando Merlino e o Jamil Joanes lá no Drink. (veja outras no meu blog)
Abração!